Xiaomi lança Redmi Note 10 5G no Brasil; saiba o preço

O celular Redmi Note 10 5G desembarca no Brasil a partir desta terça-feira (22) pelo preço sugerido de R$ 2.699 para a reforçar a linha de smartphones intermediários da Xiaomi. O aparelho com RAM de 4 GB e armazenamento de 128 GB se destaca pela ficha técnica mais modesta do que outros integrantes da linha Note 10, além da compatibilidade com internet 5G.

A gigante chinesa defende que se trata de um telefone Android especializado em velocidade. É grande a promessa de desempenho, algo muito requisitado por parcela dos consumidores brasileiros.

O primeiro contato com o Redmi Note 10 5G já evidencia a recente linha de design da Xiaomi. O módulo de câmera da companhia aos poucos ganha uma identidade própria, num formato quadradinho com cantos arredondados. No exterior são quatro opções de cor: verde, azul, prata e cinza escuro.

A tela do Redmi Note 10 5G tem 6,5 polegadas, com painel IPS – inferior aos demais modelos da linha – e resolução de 2400 x 1080 pixels. A taxa de atualização chega a 90 Hz, um avanço importante para quem busca movimentos visuais e games mais fluidos. A função de adaptação inteligente faz ajustes para otimizar a bateria a depender do conteúdo exibido (game, vídeo etc).

Dois sensores de luz ajustam o brilho da tela de acordo com as condições do ambiente.

Na traseira ficam as três câmeras do Redmi Note 10 5G. Elas se dispõem da seguinte maneira:

  • Principal de 48 MP (f/1.8) com PDAF
  • Macro de 2 MP (f/2.4)
  • Sensor de profundidade de 2 MP (2.4)

 

Câmera tripla na traseira do Redmi Note 10 5G — Foto: Divulgação/Xiaomi

 

A escolha da Xiaomi deixa de lado a câmera ultra wide, uma escolha natural de quem está viajando e deseja captar um cenário muito amplo. Por outro lado, o modo retrato – com fundo embaçado – está garantido, bem como a possibilidade de registrar objetos bem de perto devido à macro, uma febre recente no país.

Na câmera frontal, selfies de 8 MP (f/2.0).

O poder computacional do aparelho se baseia no chip MediaTek Dimensity 700, de 7 nanômetros. A velocidade máxima chega a 2,2 GHz. Para dar conta do recado, a fabricante anunciou globalmente duas opções de memória RAM: 4 GB e 6 GB. Também há duas opções de armazenamento: 64 GB e 128 GB. Já o Brasil recebe apenas a versão com RAM de 4 GB e armazenamento de 128 GB.

Não restam dúvidas de que a conexão 5G é um dos chamarizes do modelo, apesar de ainda não existir internet 5G em capacidade máxima no país. Outras fabricantes também realizam este movimento de já ofertas celulares com a próxima geração de conectividade.

A bateria de 5.000 mAh tem promessa de 16 horas de autonomia em jogos, 22 horas exibindo vídeos ou 178 horas de reprodução de música. “Em uso normal, a bateria facilmente dura um dia inteiro”, segundo o material de divulgação da Xiaomi.

O smartphone roda Android 11 com uma interface especial da fabricante chinesa: a MIUI 12. Ela traz uma série de recursos adicionais e maior controle de privacidade.

Além do preço sugerido de R$ 2.699, a Xiaomi prometeu o valor promocional de R$ 2.299 pelo combo com Redmi Note 10 5G (RAM 4 GB + 128) e fone de ouvido Mi True Wireless Basic 2. As compras devem ser feitas no site oficial e lojas parceiras.

MIUI 12 apresenta papeis de parede 3D da Terra e de Marte — Foto: Divulgação/Xiaomi

Ficha técnica do Redmi Note 10 5G

  • Tamanho da tela: 6,5 polegadas
  • Resolução da tela: 2400 x 1080 pixels (Full HD+)
  • Painel da tela: IPS
  • Processador: Mediatek Dimensity 700 (MT6833)
  • CPU: 4x 2,2 GHz + 4x 2,0 GHz
  • Memória RAM: 4 GB e 6 GB
  • Armazenamento: 64 GB e 128 GB
  • Câmera traseira: principal de 48 MP; macro de 2 MP; profundidade de 2 MP
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Carregador: 18 Watts
  • Sistema: Android 11 e MIUI 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *