Estoque de PlayStation 5 vai continuar em falta até 2022, alerta Sony

O PlayStation 5 (PS5) deve continuar com problemas de estoques até 2022, de acordo com estimativas da Sony. Segundo a rede de notícias Bloomberg, a confirmação partiu do executivo da fabricante Hiroki Totori, em comentários realizados a analistas de mercado. Ele afirmou que “mesmo com aumento no volume de PS5 produzidos, não teremos como suprir a demanda”.

A perspectiva da empresa vem de encontro aos bons números do PS5 no mercado até aqui. São 7,8 milhões de unidades vendidas nos primeiros meses, número superior ao PlayStaion 4 (PS4) no mesmo período, além de ser um recorde para a plataforma.

As projeções da Sony para este ano fiscal (período que vai de abril de 2021 a abril de 2022) indicam que a marca deve colocar 14,8 milhões de novas unidades do PS5 no mercado. No entanto, a estimativa pode ser afetada por complicações na cadeia de fornecedores, além de ser suscetível também a problemas de demanda e efeitos da pandemia do coronavírus.

Caso o volume seja atendido, o PlayStation 5 vai superar o grande sucesso do PS4 em seus primeiros meses no mercado. Até o momento, o console da geração passada teve 115 milhões de unidades comercializadas desde o lançamento, em novembro de 2013. Desse total, apenas 5,7 milhões foram vendidos no último ano fiscal, finalizado em março. Já de 2019 a 2020, 13,5 milhões de PS4 foram comercializados, o que pode sinalizar uma diminuição do interesse dos consumidores pelo console.

Do ponto de vista da Sony, o principal aspecto no sucesso dos consoles não é o volume de vendas dos videogames. O lucro da operação do PlayStation é proveniente da margem que a empresa garante a cada jogo vendido, além do faturamento associado com a PS Store e as assinaturas dos programas PS Plus e PS Now, esse último indisponível no Brasil.

Com informações de BloombergDotesports e The Verge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *